CheckNews o melhor jonarlismo combatendo fake news
Logotipo do veículo

InterJornal - Maceió - AL

07.06.2018 | 16:50

Espalhadas através de grupos familiares no WhatsApp, pelo Facebook ou Twitter, as publicações são consideradas tão problemáticas, que em alguns países elas têm sido punidas com multas, ou nos casos mais sérios, até prisões
Da redação tudocelular.com

Com o crescimento do público que possui acesso à internet e a tecnologia cada vez mais acessível nas mais variadas esferas sociais, uma nova "praga" tem assolado o mundo virtual nos últimos meses: as notícias falsas.

Conhecidas como Fake News, elas são utilizadas com os mais variados propósitos – desde espalhar vírus e aplicar golpes até influenciar o cenário político e manobrar a "massa" menos instruída da sociedade.

Espalhadas através de grupos familiares no WhatsApp, pelo Facebook ou Twitter, as publicações são consideradas tão problemáticas, que em alguns países elas têm sido punidas com multas, ou nos casos mais sérios, até prisões.

Mesmo não tendo punições tão rígidas aqui no Brasil, espalhar esse tipo de conteúdo pode afetar negativamente sua vida profissional, impedindo promoções e, na pior das hipóteses, resultando até mesmo em demissão.

É interessante pensar duas vezes antes de compartilhar algo, pois assim como no mundo real, na internet toda ação gera consequências – especialmente se estivermos falando de redes sociais voltadas para profissionais.

Credibilidade é uma das poucas coisas do mundo que não podem ser compradas, ela é inata, e leva anos para ser construída – porém, um passo em falso, e tudo pode vir por água abaixo.

Por isso é muito importante verificar as fontes das notícias antes de compartilhar, pois as informações terão sido enviadas por você, e colocarão em jogo, além de seu senso crítico, sua credibilidade.

O Facebook já nos deu algumas dicas do que fazer para identificar notícias falsas, e até dará início a um programa que visa combater sua disseminação, mas é sempre bom relembrar de:

- Não compartilhar notícias baseadas em opiniões sem embasamento
- Ficar atento ao conteúdo de textos com títulos chamativos
- Ler a informação completa antes de compartilhar
- Buscar outras referências para atestar a veracidade dos fatos
- Evitar páginas com reputação duvidosa e sites sensacionalistas
- Analisar a formatação do texto e ortografia
- Não compartilhar informações relacionadas à política (sobretudo em redes profissionais)
- Evitar falar mal de empresas onde trabalha/trabalhou (sempre há alguém responsável por analisar as menções em redes sociais)
- Verifique as datas da publicação antes de compartilhar
- Fuja de polêmicas e postagens duvidosas

É importante que o profissional seja reconhecido por seu trabalho e dedicação, não pela quantidade de curtidas em uma publicação ou pelo número de seguidores (nesse segundo caso, quanto maior a quantidade, maior o cuidado que deve ser tomado, por causa da exposição).

Por fim, não tenha medo de se expor, mas se for fazê-lo, seja carismático, criativo, tenha bom senso e busque sempre entregar material de qualidade.